Quarta, 16 Abril 2014 09:51

Cova em que Bernardo foi enterrado pode ter sido feita com uma máquina

A cova em que foi enterrado o menino Bernardo Uglione Boldrini, 11 anos, não era ao estilo tradicional, na posição horizontal. O buraco, de cerca de um metro de profundidade, era vertical, e o garoto fora colocado no local de cócoras, com uma leve inclinação para o lado direito. O corpo estava envolto por um saco plástico de cor preta. 

 Dessa forma ele foi encontrado pelos socorristas do Corpo de Bombeiros que fizeram o resgate. A opção de fazer um buraco circular para baixo é algo ainda não explicado. Como o solo no local é permeado por raízes, não se descarta a utilização de uma máquina. 

 Bernardo, que morava em Três Passos, estava desaparecido desde o dia 4 de abril. O corpo dele foi encontrado na noite de segunda-feira em Frederico Westphalen. As duas cidades são próximas. Foram presos por suspeita de participação no crime o pai e a madrasta de Bernardo, Leandro Boldrini e Graciele Ugolini, e amiga do casal. 

 O caso que abalou Três Passos 

 Bernardo Uglione Boldrini, 11 anos, desapareceu no último dia 4, uma sexta-feira, em Três Passos. De acordo com o pai, ele teria ido à tarde a Frederico Westphalen com a madrasta para comprar uma TV.

De volta a Três Passos, o menino teria dito que passaria o final de semana na casa de um amigo. Como no domingo ele não retornou, o pai acionou a polícia. Cartazes com fotos de Bernardo foram espalhados pela cidade, por Santa Maria e Passo Fundo.

 Na noite desta segunda-feira, o corpo do menino foi encontrado no interior de Frederico Westphalen. O pai, Leandro Boldrini, 38 anos, a madrasta e uma terceira pessoa foram presos suspeitos de participação na morte da criança.

 O pai de Bernardo, Leandro Boldrini, 38 anos, é médico e atua como cirurgião-geral no hospital do município. Ele também é proprietário da Clínica Cirúrgica Boldrini. Bernardo morava com o pai, a madrasta e uma meia-irmã, de um ano. Ele estudava no turno da manhã no Colégio Ipiranga, instituição particular.

 

Por: Carlos Rollsing

Fonte: Zero Hora

Foto: André Piovesan / Folha do Noroeste

Postado:Naldo Costa